Disponibilizada a versão 2.0, do leiaute da EFD- Reinf , que inclui eventos relacionados à retenção de IRRF, CSLL, PIS e Cofins , e que será exigida a partir da competência de janeiro de 2020

Foi publicado no Diário Oficial da União do dia 11.03.2019 o Ato Declaratório Executivo n° 10, da Subsecretaria de Fiscalização e Coordenação-geral de Fiscalização da Receita Federal do Brasil, de 7 de março de 2019, o qual aprova e divulga o leiaute da EFD- Reinf - Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais.

A nova versão do leiaute da EFD- Reinf é composta pelos eventos decorrentes das obrigações tributárias, cujos arquivos deverão ser transmitidos em meio eletrônico pelos contribuintes obrigados a adotar a EFD- Reinf , nos prazos estipulados em ato específico e traz novos eventos cujas informações substituirão a DIRF futuramente.

Com a disponibilização do novo leiaute, foram incorporados à EFD- Reinf os seguintes registros: 

- R-4010 - Retenções na Fonte - Pessoa Física;

- R-4020 - Retenções na Fonte - Pessoa Jurídica;

- R-4040 - Retenções na Fonte - Beneficiários não identificados;

- R-4098 - Reabertura dos Eventos Periódicos Série R-4000;

- R-4099 - Fechamento dos Eventos Periódicos Série R-4000. 

Além disso, os eventos R-5001 e R-5011 tiveram sua numeração alterada para R-9001 e R-9011. 

Por fim, a nova versão será exigida para os eventos ocorridos a partir da competência janeiro de 2020.

A versão 2.0 dos leiautes dos arquivos que compõem a EFD- Reinf está disponível no portal do Sped no link Downloads.